domingo, 21 de outubro de 2018

Hospitalidade no mundo: Abacaxi

O abacaxi está em alta nas decorações, mas fiquei curiosa sobre essa tema, e comecei a fazer algumas pesquisas. A tradição começou nos Estados Unidos e na Europa, sendo comum nas decorações e portões de entrada. A história começa quando o cultivo dessa fruta era raríssimo, e impossível em climas frios. Poucas exceções eram encontradas quando a pessoa era um nobre ou rei muito poderoso. A fruta é originária de países tropicais, em Portugal é conhecida como "ananás".
Fazer a rota para se ter o fruto era extremamente perigosa, pois, na rota do Caribe haviam piratas, acredita-se que o abacaxi foi disseminado na América do Sul pelos nativos do sul do Brasil e Paraguai, ocasionalmente acabou alcançando o Caribe, México e América Central. Em 1493, Colombo descobriu o fruto em Guadalupe, nas Pequenas Antilhas. A tradição revela também, que muitos capitães de navio fincavam em seus portões como simbologia de regresso vitorioso e seguro.
Receber um hóspede e oferecer o fruto, era sinônimo de poder e importância para com aquela pessoa, pela dificuldade e alto custo da época.
Por ser um fruto legitimamente brasileiro, nada mais tipico que trazer essa tradição, além de ser lindo nas decorações, o abacaxi tem sabor marcante, quando maduro ácido e adocicado na maioria das vezes, de cheiro agradável e intenso, rico em vitamina C, água e fibras.
A dica de hoje é, vamos abusar do abacaxi na mesa e também nas decorações, principalmente na mesa posta, que trago algumas ideias do que já fiz aqui em casa. 








weshareideas.com.br/blog/mesa-tema-abacaxi
www.noticiaagora.com.br

www.askmi.com.br

Espero que tenham gostado das dicas, principalmente nas voltadas para mesa posta, vamos demonstrar amor e carinho através das nossas refeições, então vamos espalhar amor e muitos abacaxis.




sábado, 13 de outubro de 2018

Venha para o mundo das meseiras!

Muita gente me pergunta o que é "Meseira". Temos um grupo e foi colocado em prática pela Fernanda, @caseiricesdafe e a Lu, @luorganizando. Uma adora louças, a outra ama organização e da junção dessa paixão pela mesa posta, surgiu nosso grupo de Meseiras. 
Já fizemos dois encontros que nos permitiram conhecer mulheres com a mesma paixão, tivemos noites agradabilíssimas, dinâmicas e alegres.
Meus pais quando éramos pequenas faziam questão de sentarmos à mesa na hora das refeições, tenho uma forte lembrança também dos almoços na casa da vovó, sempre alegres e com muita comida apetitosa e tipicamente mineiras. E são essas lembranças que nos fazem querer passar a diante, querer mostrar através de uma bela mesa que o resgate familiar é possível, que a partilha, a união e o amor que muitas vezes perdemos dentro de casa possa ser resgatado com pequenos e simples momentos que fazemos ao longo do dia. 
Ser meseira, é incentivar a família fazer as suas refeições juntas, e naquele momento perguntar como foi o dia, manter um dialogo saudável e construtivo. Mas deixo aqui algumas importantes considerações: Não é o momento de chamar atenção, dar broncas, o momento da refeição é sagrado, ou seja,  apreciar a comida, a decoração, são focos centrais que devem ser respeitados. A televisão e o celular não devem fazer parte desse momento, aqui em casa por exemplo, amamos música, então que tal uma musiquinha ambiente de fundo? Nada muito alto, para não atrapalhar o momento especial.
Ser meseira, é também abrir as portas do nosso lar para receber pessoas que são especiais e valorosas a nós.
Você não precisa fazer parte de um grupo para ser meseira, faça com o que tem em casa e não se importe com as criticas, pois, muitas vezes vamos enfrentar esses obstáculos, mas persista, e veja que o resultado com o passar do tempo será positivo. Não tem ninguém para partilhar uma mesa posta? Faça para você, até porque, é importante nos amarmos também. 
Não precisamos de muita coisa para fazer uma mesa posta, vou dar exemplo do que faço aqui em casa (@temperoecasa), como moro em apartamento e não tenho muito espaço para guardar variedade de louças, fiz um jogo de jantar bem bonito e de muita qualidade, isso é importante, qualidade da louça em primeiro lugar, fiz na cor branca, e invisto em roupas de mesa, ou seja, jogos americanos, Sousplat, trilhos, assim, tenho sempre novidade. Guardanapos de pano e para um mesa mais informal de papel, que compro na minha cidade em lojas de decoração. Invisto também em velas aromáticas e flores para dar vida e aroma ao ambiente.
O mundo da mesa posta é infinito, use a criatividade, convido você a ser uma meseira também!









terça-feira, 24 de abril de 2018

Bolo de Leite de Coco

Estou começando a me aventurar na área dos doces. Estou aprendendo com receitas mais simples. E sábado passado fiz esse bolo de leite de coco para o cafezinho da tarde. O bolo ficou bem leve, fofinho e sabor agradabilíssimo. Aproveitei e coloquei uma mesa posta para o nosso coffee time.



Ingredientes:

1 vidrinho de leite de coco
3 ovos
1/2 xícara de óleo
1 1/2 xícara (rasas) de açúcar
2 xícaras (rasas) de farinha de trigo
1 colher (sopa - cheia) de fermente em pó

Modo de fazer:

Bata no liquidificador o leite de coco, os ovos e o óleo, até que a mistura fique homogênea. Coloque a mistura numa vasilha e vá acrescentando aos poucos a farinha (peneirada) e o açúcar (peneirado), misturando com um fouet ou colher de pau. Por último, acrescente o fermento e misture delicadamente. Coloque a massa em uma forma untada, e leve para assar em forno pré-aquecido por uns 30 minutos. 

Dica: No blog já coloquei algumas dicas para saber se o bolo está assado. Esse bolo não coloquei calda, mas fica a critério de cada um. Outra dica seria molhar o bolo com um pouco de leite ou leite de coco e salpicar coco ralado.

Bom apetite!


terça-feira, 17 de abril de 2018

Molho bechamel

O molho Bechamel é um clássico da cozinha francesa, é a base para muitos outros molhos. Fiz essa receita recentemente para acompanhar um prato de massa, fettuccine.  É um molho a base de leite e farinha, foi inventado no século XVII por Louis de Béchameil, chefe do Palácio de Louis XIV, rei da França, originalmente não levava leite e sim a caldo de carne e farinha. Essa receita que vou apresentar foi inspirada na Rita Lobo.

Molho bechamel com noz moscada
 





Ingredientes:

1 Litro de leite gelado
3 colheres de sopa de farinha de trigo
3 colheres de sopa de manteiga
1 pitada de noz moscada
Sal e Pimenta do Reino à gosto

Modo de fazer:

Para começar é necessário fazer um Roux, que é uma mistura de manteiga e farinha.
Numa panela grande e de fundo reforçado, derreta a manteiga. Junte a farinha e mexa rapidamente com uma colher de pau por cerca de 2 minutos. Coloque o leite gelado de uma vez e misture com um fouet até levantar fervura. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por 10 minutos, mexendo de vez em quando. Tempere com sal, pimenta e noz moscada nos minutos finais. 

Dicas:
A panela de fundo reforçado ajuda e muito. A temperatura não pode estar muito alta, fique sempre atento misturando com um fouet ou colher de pau. Leite, sempre gelado. Isso evita empelotar. Mas se empelotar, bata no liquidificador. Fiz essa receita de primeira e deu super certo.

Acrescentei um pouco queijo ralado (mussarela), depois de uns 7 minutos em fogo baixo e fui mexendo vigorosamente com o fouet. Ficou uma delícia, pois o molho ficou com um sabor marcante e com o puxadinho do queijo. Mas esse molho permite diversas variações, como acrescentar ervas, milho, uma colher de sopa de requeijão. Mas deixo para acrescentar nos minutos finais para terminar de cozinhar junto ao molho acrescentando no sabor final.

Bom apetite!









sexta-feira, 13 de abril de 2018

Bolo de laranja

Estou começando a me aventurar no mundo dos doces, e decidi fazer uma receita de bolo de laranja sem grandes dificuldades. O que mais gostei nesse bolo foi o fato que para fazê-lo basta ter simples ingredientes em casa e seguir a receita. O resultado foi um café da tarde bem delicioso com um bolo fofinho e saboroso. A massa fica bem leve e agradável ao paladar. Pode ser servido com um delicioso suco de laranja ou um cafezinho.





Ingredientes:
4 ovos
suco de 2 laranjas
1 xícara de chá de óleo
2 xicaras de chá de farinha de trigo
1 xicara de chá de açúcar
1 colher (sopa) cheia de fermento
rapas de uma laranja

Modo de Fazer
Bata no liquidificador o suco de laranja, as rapas, os ovos e o óleo. Logo após, despeje a mistura em uma vasilha e adicione o trigo aos poucos e o açúcar também aos poucos. Misture bem. Isso faz com que a massa fique bem leve e o ar seja incorporado a massa para que ela cresça. Adicione por último o fermento em pó e mexa cuidadosamente. Coloque a massa em uma forma previamente untada com manteiga e farinha de trigo. Leve para assar em forno pré-aquecido por aproximamente 30 minutos. Molhe com o suco de uma laranja.

Dicas:
Tenho muito receio quando vou fazer bolo e ao abrir o forno antes da hora está solado. Então fiz algumas pesquisas na internet, e existem algumas regrinhas que podem nos ajudar nessa momento. Primeira dica, vem do aroma, ao sentir aquele cheirinho de bolo gostoso, é hora de ficar atento pois, está quase no ponto. Segunda, a mais tradicional,  espetar um palito ou a faca em três partes do bolo, se caso sairem limpos significa que está assado. Terceira, afundar levemente um dedo no bolo (cuidado para não queimar) se afundar e voltar rapidamente, significa que está assado.

Bom apetite!!







quinta-feira, 12 de abril de 2018

Passeios em Nova York - Broadway

Nova York é uma cidade encantadora, já falei no blog sobre alguns pontos turísticos que visitamos, mas sem dúvida na minha opinião, assistir uma peça na Broadway foi o passeio que mais gostei. É claro que o Central Park é maravilhoso, os museus enriquecedores, mas o que mais me emocionou foi o momento no teatro. Gosto muito de arte, então ali vislumbrei o talento, a riqueza dos detalhes e a perfeição apresentada.
A Broadway é uma avenida na cidade de Nova York, é um conjunto de teatros ao longo dessa Avenida, mais de quarenta. Exibem diversas superproduções, e a grande maioria dos espetáculos são musicais. Os teatros e as luzes que se apresentam ao longo da Time Square formam um show a parte. A procura pelos ingressos é bem grande, então para quem vai a Nova York e quer fazer esse grandioso passeio, aconselho comprar os ingressos com antecedência.
Hoje existe um moderno sistema de audioguia para acompanhar alguns espetáculos em português, o sistema é mais conhecido como "ShowTrans", Sound Associates Translation System, uma tradução simultânea que permite acompanhar a história por completo.
Optamos por assistir no Majestic Theatre  - The Phantom of the Opera "O Fantasma da Ópera", tenho o filme em casa, e simplesmente amo. O Fantasma da Ópera é o musical que resiste ao tempo, está em cartaz mais de 20 anos, e a sua excelência é reconhecida através de diversos prêmios. É um passeio relativamente caro em comparação a outros, principalmente na hora da escolha do assento, mas a experiência é absolutamente indescritível. Não me lembro de ter piscado por duas horas. 😁
A história é atemporal, baseia-se no livro de Gaston Leroux de 1911 que não viu a dimensão que sua obra alcançou. As canções são memoráveis: Angel of Music, The Phantom of the Opera e The Music of the Night.
Resumidamente, tendo como centro o personagem o "fantasma" que cresceu dentro de um teatro escondido de toda a sociedade por uma deformação no seu rosto. E nesse mundo que lhe é apresentado torna-se a perfeição no quesito música e interpretação. O "fantasma" se apaixona por uma bela moça, Christine Daaé, que mesmo sem saber da real história do seu tutor, aprende a cantar com excelência. A bela moça acredita que ele é um Anjo da Música, enviado pelo seu pai após a sua morte, mas que no decorrer da história conhece verdadeiramente sua face e seu ser. Porém, a bela moça reencontra o visconde Raoul de Chagny, quem ama desde a adolescência. E temos a mais bela canção amor, All I Ask of You, famosa em todo mundo (pausa para a emoção!! 😍). Os figurinos são lindíssimos e a riqueza nos detalhes impressionam, o cenário é perfeito, assim como os efeitos especiais. Não há palavras que bastam para descrever esse momento. 
É um teatro antigo, as cadeiras apertadas, fila grande para o acesso ao banheiro no intervalo, mas na minha opinião, nada tira o brilho desse magnifico e inesquecível dia! Especialmente no inicio do espetáculo que as luzes dão um show a parte, a musica começa a tocar e o lustre viaja para a plateia. Emocionante! O baile de máscaras também é outro momento esplendoroso!
As fotos não são permitidas, tirei algumas bem rapidamente sem flash, devido a isso vou colocar algumas que encontrei disponíveis na internet, as que tenho não estão boas, mas mesmo assim vou publicá-las. 



   

 












 


Anywhere you go
Let me go too...
Love me -
That's all I ask of you...

Aonde quer que vá
Permita-me ir junto
Ama-me,
Isso é tudo que lhe peço








quarta-feira, 11 de abril de 2018

Nova York - Museus (parte 2)

Outro museu que visitamos foi o de História Natural, fundado em 1.869, que se localiza ao lado do Central Park, ambiente com mais de 5 andares, lá encontramos um esqueleto do famoso Tiranossauro Rex e a gigante réplica da baleia azul em tamanho real.
No primeiro andar, podemos apreciar rochas, minerais, pedras preciosas e a história do sistema solar, o Big Band, lindíssimo e deslumbrante. No segundo e terceiro andar, temos a exposição da origem dos povos, temos o nosso Brasil antes do descobrimento através dos índios, origem dos africanos, asiáticos, povos do pacifico, entre outros. Espaço dedicado também aos mamíferos, répteis, primatas e anfíbios, possui uma iluminação toda especial para dar ênfase aos animais, é muito lindo, os animais são conservados por taxidermia e estão expostos no seu habitat natural.
O quarto andar, é o andar que na minha opinião é o mais impactante, pois se encontra a sala dos fosseis, animais que habitaram na terra a milhões de anos atrás, o que impressiona e muito pela sua grandeza e precisão.
O museu inspirou o filme "Uma Noite no Museu" com o ator Ben Stiller. Fizemos um filminho de poucos segundos que foi enviado para o nosso e-mail com o dinossauro correndo atrás da gente 😁😅, pois há uma máquina que tira foto do seu rosto e faz a montagem bem rapidinha, esse momento rendeu muitas risadas.




Entrada Tiranossauro-Rex










Vida dos povos